Quais as vantagens?

●     
Aumentar
a visibilidade da sua empresa, ou do seu negócio, numa distribuição bimestral e
gratuita por jornais regionais do país. Em cada edição será determinada a
região.

●     
Beneficiar
da ampla rede de contactos do Grupo Networking Ana Maria;

●     
Participar,
opcionalmente e gratuitamente, das reuniões semanais online e jantares mensais;

●     
Participar
numa das “Entrevistas às 4ª feiras”
efetuadas pela empresária Ana Maria, divulgadas no canal do youtube e redes
sociais do grupo. Cada empresa pode ser igualmente divulgada e apresentada
através de publicidade ou de uma breve apresentação pela própria Ana Maria, no
início ou final de cada uma das entrevistas;

●     
Participar
nos eventos e reuniões organizados pelo grupo Networking Ana Maria, de forma a
fomentar a proximidade entre empresários e a aumentar a oportunidade de
conhecer novos parceiros e novos potenciais clientes;

●     
Beneficiar
gratuitamente do serviço de criação de artigos empresariais para a criação do
seu artigo na revista;




Aliás, desistir é uma palavra que não consta no dicionário da luso-brasileira. Ela pode até mudar de ideia, de rota, mas desistir jamais e essa determinação faz parecer que o dia da empresária tenha muito mais que 24h. Desde que decidiu vir morar em Portugal a brasileira não pára. “Confesso que vim para Portugal com o objetivo de juntar dinheiro para comprar uma grande casa no Brasil e voltar para lá, mas, depois de conhecer e morar nessa terra, percebi que nunca mais iria morar no Brasil. Portugal é um país apaixonante, a tranquilidade desse lugar é algo que encanta, principalmente aos brasileiros, que vivem com medo dos assaltos e da violência! Hoje, vou ao Brasil com os meus filhos só para visitar a família e passear, mas meu porto seguro é mesmo aqui, em Portugal. Me rendi completamente por esse país pequenino em tamanho mas grande em tradições, sabores e beleza de norte a sul do país. É aqui que eu consegui me tornar quem sou“, confessa.

E para se tornar quem Ana se tornou, a empresária tem uma rotina exigente. Dorme tarde e acorda muito cedo. A saúde é uma constante preocupação, e por isso ao se levantar segue de imediato para o ginásio, onde pelo caminho acompanha o filho ao colégio, conferindo os trabalhos escolares. De regresso, organiza a casa e verifica os apontamentos que a assessora agendou para o dia. Segue para o salão porque para Ana Maria estar bem apresentável é fundamental! Vai às compras para abastecer a a sua loja de cosméticos e seus outros empreendimentos; almoça com empresários, reúne-se com membros e convidados do seu Networking Ana Maria, entrevista empresários de sucesso para o seu canal no Youtube Ana Maria Mais Empresária, sugere pautas para sua revista Networking Business Magazine, viaja para captar clientes para seus negócios reunindo-se em jantares,  e nos finais de semana aproveita para conhecer sítios que vão virar pauta para matérias da sua Magazine. “Eu não tenho tempo a perder e com a pandemia eu percebi que a vida é mesmo muito curta. De repente ficamos sem poder sair de casa, sem poder compartilhar momentos com as pessoas que gostamos. De repente estamos perdendo as pessoas que amamos, e se antes eu já tinha pressa de viver e me tornar a pessoa que eu sou hoje, agora com o Covid-19 eu vejo que viver e fazer o que gostamos é fundamental e urgente! Eu trabalho muito, mas trabalhar é um grande prazer, uma enorme satisfação para mim, então, não vejo como trabalho. Sou feliz e sei que tenho colaborado para muitas pessoas alcançarem a felicidade também ! “, revela Ana Maria.

Com seu senso e sua perspicácia apurados, a menina do Brasil se transformou na mulher bem sucedida de Portugal que tudo vê e nunca está a dormir. Atenta aos pormenores, ela vai trazendo para perto de si homens e mulheres de talentos. “Eu sempre me juntei a pessoas que agregam valor e informação, que podem me ensinar e sou muito grata a todos. Não tenho faculdade, mas tenho a Universidade da vida e nessa eu sou mesmo mestre! Com meu jeito simples e até com alguns erros, porque sou humana e cometo erros também, vejo quem são as pessoas que eu posso ter perto de mim, quem são os invejosos, quem são os que torcem por mim e quem “finge” que torce por mim, mas tudo isso faz parte da vida. E eu tenho muito mais a dar do que a perder”, confessa Ana.






Com uma generosidade peculiar e a certeza de que juntos somos mais fortes, Ana Maria criou o Networking Ana Maria. Uma rede de empresários, via online, que acontece semanalmente e que une profissionais de várias áreas de Portugal e do Brasil e uma vez por mês é realizado um jantar presencial a fim de estreitar os contactos entre os empresários e os convidados presentes. “Eu nunca acreditei nessa história de concorrência e sim na união dos esforços. Certa vez tive um centro de estética e ao meu lado abriu um outro centro. Imediatamente fui lá dar boas vindas à proprietária e contei quais os serviços que eu oferecia no meu centro de estética e ela me contou com o que ia trabalhar. Ali passamos a unir forças. O que o meu Centro não fazia eu indicava o dela e vice-versa. Ao invés de nos tornarmos concorrentes, nos tornamos parceiras. O sol nasce para todos, porque querer tudo só para mim ?”, pergunta a empresária de sucesso. 

Com esse pensamento aberto, Ana Maria tem conseguido deixar a marca dela por onde passa e a cada dia vai concretizando seus sonhos. O mais recente é o lançamento dessa revista, a Networking Business Magazine, uma revista voltada para o mundo empresarial que une Portugal e Brasil, e que tem como objetivo trazer informações relevantes ao leitor de ambos os países. “A minha experiência como  representante comercial das revistas Mulher Africana, Business Portugal e Portugal em Destaque me rendeu a possibilidade de hoje abrir a minha própria revista. Eu aprendi muito com o dono da revista Business Portugal, que sempre me apoiou e sou muito grata à ele por tudo, mas, agora acho que chegou o momento de ter a minha própria revista e com a ajuda e orientação de uma equipa profissional estou colocando-a em circulação”, revela a diretora da Revista.

A Networking Business Magazine estará disponível em edições bimestrais distribuídas gratuitamente em pontos estratégicos, e divulgadas através de um jornal de grande circulação no Norte de Portugal. Para o público brasileiro estará disponível no formato digital, e trará em seu conteúdo editorial matérias relevantes ao mundo empresarial ligando os dois países co-irmãos. “Eu comecei do zero, tive muitas dificuldades por falta de apoio e informações. Com o meu grupo de Networking e a minha Revista  poderei ajudar muitas pessoas, muitos profissionais, muitos empresários a ter sucesso e isso me deixa muito feliz, porque juntos somos mais fortes“, explica a empresária luso-brasileira, que usa  este slogan na vida e nos negócios.






Mas como a vida não é só trabalho e mesmo achando que ela não trabalha nenhum dia, Ana Maria conta que adora sair, se divertir, comer bem e viajar. Gosta de ler mas não é de assistir televisão, contudo, ela lembra que acompanhava a novela Roque Santeiro exibida pela Tv Globo (Brasil) e pela SIC (Portugal) por causa da Viúva Porcina personagem interpretada pela atriz Regina Duarte e que ela conta que se identifica muito: “A Viúva Porcina era uma mulher arretada, forte e ao mesmo tempo doce e carinhosa capaz de ter os gestos mais doidos ou os mais amorosos. Ao ver a personagem, até acho que tenho um olhar e um sorriso tão “maroto” quanto o da Viúva Porcina”, comenta brincando a nordestina Ana Maria.

E como toda mulher nordestina, a empresária não “dormiu no ponto” e teve quatro filhos! Sim, Ana Maria sonhava com uma “menininha”, mas se tornou mãe de quatro belos “rapazotes” e do gato Squiqui ! Ela diz que os filhos são o grande tesouro da vida dela! “Meus dois filhos mais velhos já caminham com as próprias pernas, já têm a vida deles, o filho do meio mora comigo e o mais novo vive, temporariamente, com o pai.  Eles são a minha maior riqueza e como toda mãe nordestina eu brigo, exijo educação, respeito, obediência, não sou de muito chamego, mas ai daquele que se atrever a tocar num filho meu! Eu viro onça brava, viro mesmo uma leoa!”, afirma a mãe protetora.

E por falar em mãe, é importante dizer que a empresária brasileira radicada em Portugal há 20 anos é devota de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil mas também tem muita fé em Nossa Senhora de Fátima. “Eu sou uma pessoa muito abençoada e a minha Virgem Maria nunca me faltou. Nos momentos tristes ou difíceis, sempre senti a presença da Nossa Senhora Aparecida junto a mim e é a Virgem Santíssima e a Nossa Sra. de Fátima que eu rogo para que os homens encontrem a cura definitiva desse vírus que vem causando tanto dor e sofrimento em tantos lares”, comenta Ana Maria.

É com perseverança, fé, determinação, alegria e disposição que Ana Maria da Silva Sousa, empresária, empreendedora, diretora, mãe e mulher vai vivendo a vida e tornando reais os seu sonhos porque como disse o poeta português Fernando Pessoa: “Eu sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura!”, e Ana Maria, com certeza, vê longe!




ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

5 × four =

168FãsCurtir
153SeguidoresSeguir
1,070InscritosInscrever

ÚLTIMOS ARTIGOS